07 out

Outubro Rosa: ônibus leva informação de prevenção contra o câncer de mama

Neste sábado, dia 8 de outubro, o Circuito Casa da Mulher estará no Parque da Aclimação, levando gratuitamente informação de prevenção ao câncer de mama e orientação às mulheres em tratamento. Todo customizado, o ônibus conta com um camarim profissional, sala de atendimento e estrutura para realização de atividades ligadas a conscientização. Haverá dicas de amarração de lenços e turbantes, curso de automaquiagem, cuidados com as mãos, realização de atividade física, curso de artesanato, distribuição de cartilhas e muito mais.

onibus-rosa-instituro-arte-viver-bem

De acordo com Valéria Baraccat Gyy, fundadora do Instituto Arte de Viver Bem e Casa da Mulher, a informação é fundamental na luta contra o câncer. Só neste ano, a estimativa do Ministério da Saúde é de que 57.960 mulheres recebam o diagnóstico da doença em todo o País. No estado de São Paulo serão 15.770 pessoas. E 5.550 só na capital. “Nesse Outubro Rosa, vamos nos unir a levar informação e prestação de serviço a quem nos dá a vida. Vamos cuidar das nossas mulheres”, afirma.

Valéria conta que as mulheres que retiraram gânglios não podem fazer cutícula. As sem cabelos podem ficar bonitas com bons truques de maquiagem e lenços. “Além disso, muitas mulheres em tratamento perdem seus empregos e estas ação é uma opção de futura geração de renda para elas”, declara.

 

lenco-outubro-rosa-instituto-arte-viver-bem

SERVIÇO:
Circuito Casa da Mulher,  sábado, dia 8 de outubro.
Local: Parque da Aclimação – Rua Muniz de Sousa, 1119, São Paulo – Entrada pelo portão 1
Horário: 8h às 14h

O Instituto Arte de Viver Bem – IAVB

O instituto foi criado há 8 anos pela jornalista Valéria Baraccat Gyy e, desde então, já fez milhares de atendimentos a mulheres em tratamento, 2.000 deles só no ano passado. Já distribuiu 2.5 milhões de cartilhas com informações de prevenção, tratamento e direitos legais. Criou a Casa da Mulher, com espaços multidisciplinares para receber a paciente com carinho e prestar toda a orientação para seu restabelecimento físico, emocional e psicossocial. Realizou as únicas campanhas publicitárias sobre o assunto no Brasil em 12 anos. Com Neymar Jr. e outros atletas chamou a atenção para a causa num dos pontos turísticos mais visitados do mundo, a Times Square. Mobilizou artistas e personalidades e levou o assunto até os campos de futebol para falar do preconceito.