08 nov

Menopausa

“A Dra. Laylla Lemes Carneiro explica o que é a menopausa e os principais sintomas”

A Menopausa acontece quando as mulheres atingem a idade entre 45 a 55 anos. Quando ela ocorre, a mulher pára de menstruar, finalizando seu período reprodutivo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2030, mais de 1 bilhão de mulheres estarão na menopausa.

Sintomas da menopausa

A Ginecologista e Obstetra Laylla Lemes Carneiro explica que quando a menopausa ocorre antes dos 40 anos, ela é chamada de menopausa prematura. Quando acontece, há uma falência ovariana prematura, que configura na perda temporária ou definitiva da função gonadal (produção de hormônios), função esta que que inicia após a primeira menstruação.

Menopausa

Entre os principais sintomas da menopausa estão os calafrios, alterações de humor, súbitos de calor na face, tronco, tórax, falta de libido, entre outros. “Quando a mulher entra na menopausa, ela deixa de produzir os hormônios estrogênio e progesterona, e a falta desses hormônios que provoca um desequilíbrio, causando os sintomas que tanto incomodam”, afirma a ginecologista.

Tratamento da menopausa

Laylla ainda explica que é importante procurar um ginecologista para o acompanhamento deste período. “Como acontecem várias mudanças no corpo da mulher, o médico poderá ser um aliado, orientando qual o melhor tratamento”, defende.

Atualmente, existem alguns tratamentos que trazem benefícios como o Terapêutica de Reposição Hormonal (TRH), que ajudar a avaliar os sintomas. Contudo, é necessário que o médico analise cada caso, para indicar o melhor percurso do tratamento. “É fundamental examinar a paciente e saber todo seu histórico de saúde. O hormônio é uma medicação e como tal também tem contraindicações. Pacientes com histórico de trombose, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral e câncer de mama, não poderão usar esse medicamento”, alerta a médica.

Mas, Dra. Laylla afirma que além da reposição é preciso mudar os hábitos de vida para ter menos sintomas e incômodos. “Praticar atividade física regularmente é essencial, ainda manter sempre uma alimentação saudável em todas as refeições com maior consumo de frutas e verduras, e diminuição de hábitos de risco como alcoolismo e tabagismo. Tudo isso é muito importante para ter qualidade de vida, não somente no período da menopausa, mas para toda a vida”, finaliza.

 

Laylla Lemes-3

* Laylla Aliontina Lemes Carneiro é  Ginecologista e Obstetra