15 dez

Sal Rosa do Himalaia: conheça os benefícios para a saúde

O sal – ou cloreto de sódio, seu nome científico – integra a nossa alimentação e está presente como tempero tradicional na maioria das cozinhas do mundo inteiro. Afinal, é ele quem confere maior sabor aos alimentos e oferece a sensação de saciedade que nós temos após cada refeição.

No entanto, apesar de ser essencial na culinária e fazer muito bem ao organismo (em quantidades adequadas), o seu consumo exagerado pode trazer sérias consequências à saúde, como doenças cardiovasculares, como a hipertensão e o AVC, pedras nos rins, osteoporose, asma, problemas renais, câncer, entre outros problemas graves que podem ser até irreversíveis quando não diagnosticados precocemente.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade diária recomendada de sódio é de 2 mg, o que equivale a 5 mg de sal. No entanto, boa parcela dos brasileiros consome uma quantidade muito acima dessa média, chegando a 15 mg por dia.

Por isso, muitos médicos e especialistas recomendam o uso de temperos alternativos ao sal na hora de preparar os alimentos, como é o caso do sal rosa do Himalaia, que pode prevenir todos esses danos e, ainda, trazer inúmeros benefícios à saúde.

sal-rosa-himalaia

O que é o sal rosa do Himalaia?

Como o próprio nome diz, o tempero é oriundo das montanhas do Himalaia, onde foi protegido durante 200 milhões de anos embaixo de camadas de lava de um vulcão que entrou em erupção. Por ficar encoberto durante tanto tempo, o sal ficou livre de toxinas e poluentes, o que o tornou o mais puro entre todos os tipos de sais existentes no planeta.

Além disso, como não precisa passar pelo processo de refinamento, o sal rosa do Himalaia não perde os seus nutrientes benéficos à saúde. Inclusive, a sua coloração rosada se deve aos mais de 84 minerais em sua composição essenciais ao organismo humano, dentre eles o fósforo, cálcio, magnésio, zinco, ferro, cobre, iodo, selênio, potássio, entre outros, capazes de prevenir e tratar diversas enfermidades.

Enquanto isso, o sal de cozinha comum joga fora todos os nutrientes presentes em sua composição ao passar pelo refinamento e deixa apenas o cloreto de sódio, inimigo número um do bom funcionamento do corpo, em uma alta quantidade 400 mg por cada grama de tempero.

Já o sal rosa do Himalaia possui 230 mg de sódio para cada grama, quase metade a menos, o que o torna ainda mais importante para a manutenção da saúde.

Confira no infográfico abaixo quais são os principais benefícios do sal rosa do Himalaia para a saúde.

Sal-rosa-do-himalaia