31 mar

Os mitos e verdades sobre a dieta detox

A nutricionista Juliana Morais fala sobre a dieta mais comentada dos últimos tempos e esclarece alguns mitos e verdades sobre o detox.

Por Paola Patrício

As dietas existem nas mais diferentes formas, prometendo rápidos efeitos e sem a perda de saúde. A mais ouvida nos últimos tempos é a dieta detox, com promessas de desintoxicação de forma rápida e perda de quilos também. Segundo a nutricionista Juliana Morais, o detox é uma dieta para desintoxicar o organismo. “Ela é feita basicamente com alimentos que proporcionam a eliminação de líquidos e toxinas indesejadas, que podemos acumular em função de uma dieta desbalanceada”, explica a profissional.

Muitas pessoas têm feito o uso desse tipo de dieta sem acompanhamento profissional e Juliana alerta que isto é um risco para a saúde e que é necessário bastante cautela. “As restrições alimentares impostas pelos modelos deste tipo de dieta na internet e em revistas não podem ser seguidas por períodos de tempo maiores que um ou dois dias, por não serem específicas, personalizadas”, diz a nutricionista. Ela ainda afirma que com acompanhamento, as variações e opções de cardápio são estruturadas de acordo com o perfil da pessoa, dieta esta que é indicada após uma avaliação nutricional que identificará qual o tipo de detox mais recomendado. “Não adianta nada fazer um detox ‘x’ se você precisa de um detox ‘y’”, completa Juliana.

Dieta Detox

Segundo matérias publicadas em revistas e internet, a dieta detox promete vários milagres, como emagrecimento e melhoria na alimentação. No entanto, Juliana diz que existem mitos sobre este tipo de dieta. “Dieta detox não emagrece, não ‘conserta’ o dia anterior de exageros alimentares, e o mesmo detox que funcionou para uma pessoa pode não funcionar para outra.”, afirma a nutricionista. “A dieta detox certa, que auxilia no processo de emagrecimento, deve ser personalizada e ainda, eventualmente e programada, assim ela irá contribuir para regular do metabolismo”, diz Juliana sobre as verdades da dieta.

A dieta detox é indicada, porém com acompanhamento profissional e moderação. “Eu indico o detox para 1 ou 2 dias no máximo. Isso porque, em geral, os processos de detox, famosos na mídia, são extremamente restritivos e até certo período, somente assim ele  é benéfico para a saúde.”, diz Juliana. Segundo a nutricionista, se o detox for mantido por mais tempo, eles podem gerar estresse metabólico, trazendo mais malefícios do que benefícios.

Já os sucos verdes, que também estão em alta nas dietas mostradas na mídia, podem ser utilizados no dia a dia sem trazer riscos para a saúde. “Tenho costume de orientar a utilização dos sucos verdes 1 vez ao dia, como primeira refeição – acordar e tomar o suco, e ao longo do dia realizar uma alimentação saudável conforme o plano alimentar prescrito”, conta Juliana. Ela ainda fala que os sucos verdes estimulam o funcionamento do metabolismo e com isso a termogênese corporal, auxiliando no processo adequado do peso.

O importante de qualquer dieta é manter uma alimentação saudável. Somente a ingestão do detox, sem conter os alimentos necessários para uma boa dieta, não irá funcionar para perda de peso. O acompanhamento profissional também é necessário para que a dieta seja balanceada, rica nas proteínas e vitaminas essenciais para o funcionamento do corpo.

Juliana Morais Nutricionista*Juliana Morais é nutricionista, mestre em Ciência dos Alimentos e especialista em Obesidade e Emagrecimento. Confira mais sobre o trabalho da profissional no site www.renutra.com.br.