12 jan

O verão chegou e exige cuidados na alimentação e hidratação

“A nutricionista Juliana Morais alerta quais são os melhores alimentos e o que se deve evitar nessa estação do ano.”

Por Paola Patrício

Praia, clubes, sol, cerveja e petiscos. Essa é a rotina da maioria dos brasileiros durante o verão. Época de muito calor e férias, a maioria procura o litoral do Brasil para aproveitar ao máximo a estação. No entanto, muitos se esquecem do cuidado com a alimentação.

De acordo com a nutricionista Juliana Morais, a melhor alimentação para o verão é aquela que prevê o consumo de alimentos leves e ricos em água. “Isso porque nessa época do ano, o calor dificulta o metabolismo, retardando o processo de digestão, que pode levar a sensação de desconforto após a ingestão de alimentos pesados ou em maiores quantidades.”, explica a profissional. Ela ainda diz que as altas temperaturas aumentam também a transpiração corporal, na tentativa de regular a temperatura interna, podendo levar a desidratação e sensação de mal estar.

alimentos-no-verão

Alimentação no verão

Os melhores alimentos para serem ingeridos nesta época do ano são frutas, verduras e legumes, que são ricos em água, vitaminas e minerais. Além de facilitarem a digestão e auxiliarem no funcionamento do intestino. “Se perdermos muita água pela transpiração e não nos hidratarmos corretamente, atrapalhamos o funcionamento do organismo por falta desta água.”, diz Juliana.

Ainda segundo a nutricionista, para a alimentação ser leve, deve conter pouco sal e temperos, industrializados. Além de pouca gordura. “Evite adicionar sal e temperos aos alimentos, na hora do preparo. Faça sempre a opção por leites e derivados, carnes magras, grelhadas ou assadas.”, aconselha a nutricionista.

Muitos intensificam a ingestão de refrigerantes nessa época do ano. Por serem líquido, muitos acham que é uma forma de hidratar o corpo. No entanto, eles não são recomendados. “Refrigerantes e bebidas gaseificadas, mesmo sendo zero ou light, não são a melhor escolha. Estas bebidas podem até dar uma sensação inicial de refrescância, mas são ricas em sódio e podem agravar ou proporcionar maior desidratação.”, alerta Juliana.

Atividades físicas

Além da alimentação, exercícios físicos são bem vindos para manter o corpo mais saudável durante o verão. Não existe um tipo específico, qualquer um pode ser feito. No entanto, Juliana diz que deve-se ter atenção aos exercícios realizados em condições de estresse metabólico.

“Por exemplo, em dia de sol quente evite horários de maior eminência solar, que é de 10:00 às 16:00, para caminhar. Com isso estará preservando a sua hidratação, pele e disposição para outras atividades.”, aconselha. Juliana ainda diz que exercícios que são realizados na água e em ambientes climatizados podem ser bem prazerosos durante essa época do ano.

Juliana-morais-nutricionista*Juliana Morais  é nutricionista, mestre em Ciência dos Alimentos e especialista em Obesidade e Emagrecimento. Confira mais sobre o trabalho da profissional no site  www.renutra.com.br.